Thiago Linhares - NEURO.jpg

Seja meu parceiro

 

5 razões para buscar um psicólogo

Em primeiro lugar, temos que desmistificar o imaginário popular de que uma pessoa que busca psicólogo o faz porque está “maluca”. A psicologia é uma área muito ampla, que pode contribuir com as pessoas por uma variedade de razões. Dentre elas, há aspectos negativos e positivos que podem levar uma pessoa a buscar ajuda profissional. Vamos apresentar alguns destes, neste artigo.

 

1 Tenho me comportado de maneira diferente

Algumas vezes você percebe ou escuta de familiares e amigos, que seu comportamento está diferente. Por diversas razões o comportamento humano pode ser modificado, seja devido a ansiedade, depressão, estresse, dificuldades em lidar com um trauma ou perda, luto, manias, fobias, obsessões, compulsões, timidez, falta de habilidades sociais, falta de autoestima, dificuldades de desempenho, déficits cognitivos (atenção, memória, inteligência, etc.), além de problemas de saúde, familiares, de relacionamentos e, até mesmo, no ambiente de trabalho.

 

2 Sinto dores e sintomas sem qualquer razão fisiológica

Em determinados problemas de ordem psicológica, o organismo do indivíduo passa a reagir de formas distintas, e algumas vezes apresenta sintomas e dores normalmente associados a questões físicas, mas que na verdade são psicossomáticos, isto é, possuem origem e desenvolvimento associados a razões psicológicas. Estes incômodos podem oscilar em frequência e intensidade. Muitas vezes os sintomas citados pelos pacientes, podem ser: apertos no peito, palpitações, taquicardia, sudorese, ondas de calor, calafrios, tremores, dormência em partes do corpo, problemas gastrointestinais (dor de estômago, doença do refluxo gastroesofágico, azia, enjoos, náuseas, diarreias), perda de apetite, perda de interesse sexual, dores de cabeça (cefaleias), dificuldades para respirar, vertigens, e até mesmo tonturas. Se você sente alguns desses sintomas e seu médico não encontrou uma razão patofisiológica para justificar a existência dos mesmos, um psicólogo poderá te ajudar.

 

3 Não tenho lidado bem com minhas obrigações

Há momentos em que passamos por dificuldades em lidar com nossas obrigações diárias, seja na escola, faculdade, ambiente de trabalho, assim como em nossos papéis domésticos e sociais. A constante cobrança por desempenho por parte de nós mesmos, as altas expectativas, e as pressões da sociedade, podem causar impactos significativos na nossa performance diária, por vezes causando desinteresse e até mesmo desgosto por atividades que costumávamos sentir prazer em realizar.

 

4 Sinto dificuldades em meus relacionamentos

Se você tem percebido dificuldades em lidar com seus relacionamentos ou, até mesmo, em estabelecer novas relações sociais, sejam elas de ordem familiar, afetiva, de amizade, ou nos campos acadêmico ou laboral, um psicólogo também poderá te ajudar. É provável que você precise de ajuda profissional se não está conseguindo administrar bem seus problemas como conflitos de casais, separações, dificuldades em fazer novas amizades, em encontrar um parceiro afetivo, em comunicar-se com as pessoas, esteja descontente em seu âmbito familiar, ou viva situações conflituosas no ambiente de estudos ou de trabalho.

 

5 Quero me conhecer melhor

Por fim, há pessoas que desejam adentrar mais em seu universo particular, ou seja, conhecer mais a fundo sobre sua própria personalidade e permitir-se um maior desenvolvimento pessoal. A psicologia pode auxiliar o processo de autodescoberta, através do contexto terapêutico. Também pode atuar na orientação vocacional/profissional, no desenvolvimento e reabilitação cognitiva, na melhoria da tomada de decisões, na adequação de uma postura mais resiliente e proativa, dentre outras aplicações que se distanciam da perspectiva saúde-doença.

 

Lembre-se: ir ao psicólogo não é um sinal de fraqueza ou de preocupação. É uma forma de valorizar o cuidado com sua saúde emocional! Não tenha preconceito.

 

 

Por: Thiago Linhares

Psicólogo CRP 22/1834

Especialista em Neuropsicologia

 

 

Todos os artigos disponibilizados neste site poderão ser reproduzidos e distribuídos com propósito não comercial, desde que os créditos sejam dados ao autor. Reproduções eletrônicas são permitidas, mas devem linkar o artigo original desta página.

"Há muitas maneiras de você se fortalecer, e às vezes falar é a melhor delas."

 

André Agassi - Tenista